Recurso utilizado na produção vegetal, que se consiste na remoção metódica das partes de uma planta, com finalidade de melhorá-la em alguns aspectos de interesse do cultivador.

A poda tem várias funções: pode controlar o tamanho das plantas, estimular a floração e frutificação, remover ou impedir problemas com pragas e doenças, e melhorar a aparência geral das plantas, alterando sua forma.

Técnicas de podas:

Para a correta realização dessa prática, é preciso ter pleno conhecimento das espécies em relação ao seu porte, forma da copa e sistema de raízes.

É recomendável realizar a poda com ferramentas bem afiadas, de modo que a seção do corte fique uniforme, lisa e sem lascas. Além disso, o corte deve ser feito em “bisel”, inclinado para baixo, formando um ângulo de 45º com a direção do ramo e sempre acima da gema. Para cicatrizar o corte existem pastas especiais, em geral a base de sulfato de cobre. A melhor época do ano para a realização de podas é quando a planta se encontra em repouso vegetativo. Ou logo após a floração ou frutificação das plantas. Embora não seja comprovado, os quartos minguante e novo da lua, parecem serem os mais indicados, pois é quando ocorre um refluxo da seiva em direção às raízes.

Tipos de podas:

A poda tem várias funções. Pode-se usá-la para fins estéticos, para estimular a produção de novos ramos, flores e frutos, e, como medida de caráter sanitário.

  • poda de formação: consiste em adequar o formato da planta ao tipo de utilização que se deseja fazer da espécie (arte da topiaria). Do mesmo modo, corrigir certos desvios de caráter estético. Sempre adequando a conformação das plantas, possibilitando equilíbrio, direção dos ramos, altura das ramificações, etc.
  • poda de produção: consiste em incentivar a produção de novos ramos, flores e frutos à planta. Geralmente feita após o transplante das plantas para o jardim, após a reprodução por estaquia, após a floração ou frutificação, e ou no período de dormência da planta.
  • poda de limpeza: é aquela que elimina ramos quebrados, secos, doentes ou mal formados. Permite maior insolação e aeração na copa das plantas. Por outro lado evita o desperdício de seiva com partes improdutivas. Pode ser realizada em qualquer época do ano.

Conclusão:

Uma poda bem feita pode ser extremamente benéfica para a planta. Uma mal feita pode prejudicá-la de maneira irremediável.

 

Lucia Borges
Author

Lucia Borges Dias, apresentadora do Canal Vida no Jardim é paisagista atuante na área desde 1992. Graduada em Decoração de Interiores, pós-graduada em Paisagismo, é também professora de paisagismo em curso técnico, superior e pós-graduação.

4 Comments

  1. Mary Lúcia B. Mattos Reply

    Olá, Lúcia Borges!
    Estou feliz com suas orientações. Agora te visitarei constantemente.
    Tenho pouco conhecimento e prática com as SUCULENTAS. Assisti ao vídeo das suas. LINDAS!!! Gostaria de mais orientação sobre AS REGAS: quando fazê-las e como.
    Obrigada, desde já.

    Mary Mattos

    • Lucia Borges
      Lucia Borges Reply

      Ola Mary Lucia, que bom que gosta das minhas dicas e orientações. Sobre sua dúvida com a rega das suculentas basta você observar o substrato. A rega deve ser moderada, ou seja molha todo substrato e espera secar um pouco para molhar novamente. Dependendo do local de cultivo pode ser entre duas e três vezes na semana, nas estações mais quentes e duas a uma vez na semana nas épocas mais frias.
      Sucesso com suas plantas!

  2. Oi! Bom dia! Amo seus videos tenho aprendido muito com eles, tenho um vaso com amor perfeito,daqueles q tem as flores tipo sininho rochinha muito lindo! Mais agora ta feio,parece murchando,mais com flor, será q tem q ser feito uma poda nele,pr voltar a ficar bonito? Por favor me ajude! Bjs!

    • Lucia Borges
      Lucia Borges Reply

      Olá Wagna, primeiramente peço desculpas pela demora em responder sua pergunta, estávamos tendo problemas de visualização dos comentário daqui do site. Sobre o seu amor perfeito infelizmente ele tem vida curta e possivelmente o seu já tenha terminado a dele. É comum fazer poda e reagir por mais algum tempo. Regas frequentes e sol pleno são necessários para o cultivo desta planta. Outro beijo

Write A Comment