As bromélias pertencem à uma família botânica com mais de três mil espécies de plantas. O Brasil possui grande quantidade de bromélias nativas.

Elas quase sempre crescem em forma de rosetas e acumulam água no “copo” central. Possuem tamanhos, cores e texturas variadas. Podem ser epífitas (que vivem nas copas das árvores), rupícolas (que vivem nas rochas) ou terrestres. Algumas são de meia sombra e outras são de sol pleno.

São cultivadas pela beleza de suas formas, folhas ou flores. Após a floração e frutificação elas morrem, porém, normalmente, brotam novas na base da planta mãe.

São muito exploradas para compor o paisagismo tropical.

Ao contrário do que se pensa os “copos” das bromélias não são locais que atraem o mosquito da dengue. Pode até ter outras larvas de insetos. É por lá que essas plantas se alimentam. A borra de café ajuda a controlar a quantidade de larvas e não prejudica o desenvolvimento das bromélias.

 

Lucia Borges
Author

Lucia Borges Dias, apresentadora do Canal Vida no Jardim é paisagista atuante na área desde 1992. Graduada em Decoração de Interiores, pós-graduada em Paisagismo, é também professora de paisagismo em curso técnico, superior e pós-graduação.

Write A Comment