Author

Lucia Borges

Browsing

Plantar e colher é muito prazeroso. Poder fazer isso junto com as crianças é um dos melhores presentes que podemos dar a elas.

Leve as crianças para o jardim, ensine a olhar, regar e cuidas das plantas. Além disso faça com que elas semeiem seus alimentos, elas irão ter prazer em colher e comer o que plantaram.

Para isso colete sementes das frutas, verduras e legumes. Preparem os recipientes com terra fofa, semeiem e reguem. Cada legume demora um tempo diferente para germinar. Faça com a criança acompanhe o desenvolvimento das plantas.

Aprender a cuidar das plantas desde criança é aprender a ter amor por elas, é proteger a natureza!

 

As cicas e os buxinhos são plantas que, apesar de serem exóticas, estão muito presentes nos jardins e no paisagismo brasileiro. Indicadas para ambientes ao sol pleno podem compor jardins, vasos e canteiros. Estas plantas são muito vistas em composições clássicas, porém bastante frequentes nos jardins contemporâneos. O buxinho aceita poda e é largamente utilizado em forma de bola. Porém existem várias formas inclusive retilíneas. São plantas rústicas se adaptam a diversos tipos de clima e solos. O buxinho se reproduz por estaquia e a cica por mudas que surgem na base das plantas.

A irrigação por capilaridade é um processo que a água entra em contato com a planta através da osmose, ou seja vai de um local que tem mais agua para aquele que tem menos.
Normalmente é usado um reservatório de água debaixo do canteiro ou vaso e elementos para servir de ponte ou contato entre a água e a terra. Em canteiros ou lajes pode ser usada água de chuva. Existem vasos de diversos tamanho e modelos que possuem esse sistema, como também quadros vivos.

Porém podemos fazer um vaso desse usando garrafa pet. Basta cortar a garrafa, furar a tampa, passar barbante no furo, e encaixar a parte de cima, ao contrário, na parte de baixo. Plantar a muda na parte de cima e colocar a água na de baixo. Quando necessário coloque mais água no reservatório. Faça o seu vaso auto-irrigável, um sistema simples e econômico de regar suas plantas.

Beaucarnea recurvata – pata de elefante 

Planta arbustiva escultural com porte até 5 metros. É nativa do Mexico e se adapta aos climas tropical, subtropical e temperado. Possui caule, quase sempre, único dilatado na base aonde se reserva água. Suas folhas são simples, lineares, arqueadas e longas.

Na fase adulta produz inflorescências terminais. São plantas dióicas, ou seja possuem flores masculinas e femininas em plantas diferentes.

Devem ser cultivadas em locais a pleno sol, porém quando jovens podem ser colocadas na meia sombra. No paisagismo é usada isoladamente ou em grupos nos jardins. Como também em vasos ou bacias nos ambientes internos com boa claridade. Rega moderada. Reprodução por sementes das plantas femininas.