As bromélias pertencem à uma família botânica com mais de três mil espécies de plantas. O Brasil possui grande quantidade de bromélias nativas. Elas quase sempre crescem em forma de rosetas e acumulam água no “copo” central. Possuem tamanhos, cores e texturas variadas. Podem ser epífitas (que vivem nas copas das árvores), rupícolas (que vivem nas rochas) ou terrestres. Algumas são de meia sombra e outras são de sol pleno. São cultivadas pela beleza de suas formas, folhas ou flores. Após a floração e frutificação elas morrem, porém, normalmente, brotam novas na base da planta mãe. São muito exploradas para compor o paisagismo tropical. Ao contrário do que se pensa os “copos” das bromélias não são locais que atraem o mosquito da dengue. Pode até ter outras larvas de insetos. É por lá que essas plantas se alimentam. A borra de café ajuda a controlar a quantidade de larvas e…

Ter frutíferas bem integradas ao jardim é garantia de pássaros, boa sombra e da delícia dos frutos. Você pode cultivar frutíferas até em vasos se o espaço não permite um pomar maior. Implantação do Pomar  O pomar deve, estar localizado próximo à residência, de modo a permitir frequentes visitas, propiciando, inclusive, condições para o consumo de boa parte da produção diretamente da planta.  Decida as espécies, quantidades e variedades a serem plantadas. O pomar doméstico pode ser misto ou de uma só espécie.  Distribuia as espécies escolhidas, procurando agrupar espécies com exigências semelhantes. Espécies maiores devem ficar “atrás” das menores em relação ao sol. Em terrenos em declives as plantas menores devem ficar na parte mais alta do terreno.  Sempre que possível o terreno deve se voltar par ao Norte e ser protegido do vento Sul.  As covas para plantio devem ser de no mínimo 60×60 cm. Classificação das Frutíferas:…

Conceito: As espécies anuais são plantas que completam seu ciclo vegetativo e reprodutivo no período máximo de um ano. As Bianuais, normalmente, ultrapassam um ano chegando a completar seu ciclo em até dois anos. No paisagismo algumas das plantas perenes ou vivazes podem ser cultivadas como anuais, pelo fato de serem sensíveis ao frio, ou ao tempo seco, como também não suportarem as constantes chuvas do verão. Sendo assim descartadas dos jardins nestes períodos e substituidas posteriormente por outras. De um modo geral, as plantas anuais e bianuais produzem abundância de flores, fato que disperta a atenção para seu cultivo; estas flores, quando polinizadas, produzem muitas sementes, propriciando a perpetuação da espécie. Cultivo: As anuais e bianuais, de modo geral, desenvolvem-se melhor quando expostas ao sol pleno, embora algumas delas têm condições de viver e florescer à meia sombra. São exigentes quanto à temperatura, não tolerando extremos altos e muito…

Plantar e colher é muito prazeroso. Poder fazer isso junto com as crianças é um dos melhores presentes que podemos dar a elas. Leve as crianças para o jardim, ensine a olhar, regar e cuidas das plantas. Além disso faça com que elas semeiem seus alimentos, elas irão ter prazer em colher e comer o que plantaram. Para isso colete sementes das frutas, verduras e legumes. Preparem os recipientes com terra fofa, semeiem e reguem. Cada legume demora um tempo diferente para germinar. Faça com a criança acompanhe o desenvolvimento das plantas. Aprender a cuidar das plantas desde criança é aprender a ter amor por elas, é proteger a natureza!