Cultivo e cuidados com as plantas

Todas as plantas necessitam de ar, luz, água, temperatura, mistura de plantio, nutrientes para se desenvolverem. Porem a quantidade de cada um destes elementos varia conforme o local de cultivo das plantas. No vídeo de hoje iremos mostrar o que significa cada dica dada nos vídeos de plantas daqui do canal.

Dicas de cultivo:

  • LUZ: toda planta precisa de luz para se desenvolver, a melhor luz é a do sol (mesmo que seja indireta).
  • sol pleno: é quando a planta necessita de luz solar direta (ideal que seja no mínimo 4hs)
  • meia sombra: é a luz solar filtrada, ou ambiente que tenha intensa claridade podendo até receber um pouco de luz direta nas horas mais amenas do dia (início ou final do dia).
  • sombra: é o ambiente sem sol direto, porém uma boa claridade. Porém se for muito obscuro não favorece a planta.

Rega:

toda planta precisa de água para sobreviver. Ela é fundamental para as plantas e está presente em muitas etapas de desenvolvimento vegetal.

  • Rega frequente: é quando a planta necessita de estar com a terra sempre úmida. Normalmente são plantas oriundas de matas e florestas tropicais e ou que tem as folhas mais finas, como as avencas.
  • Regas moderadas: é quando a planta necessita que a superfície da terra seque um pouco antes de regar novamente. Normalmente são plantas grandes e ou que tenham as folhas mais duras e ou coriáceas.
  • Regas escassas:  é praticada em plantas que possuem folhas carnosas como cactos e suculentas. Elas necessitam de intervalos maiores entre uma rega e outra.

Mistura de plantio:

É o meio para as plantas se fixarem e enraizarem. Normalmente é feito a base de terra, mas existem plantas, como orquídeas e bromélias, que utilizam outros ingredientes.

  • Mistura clássica de plantio: é quando usamos terra preparda ou substrato para plantio pronto. Pode ser feito também à base de 2 partes terra vegetal e 1 parte esterco, composto orgânico ou húmus de minhoca
  • Terra rica em matéria orgânica: é uma mistura de terra preparada com um pouco mais de composto orgânico ou esterco.
  • Terra arenosa ou porosa: substrato para plantio ou terra preparada acrescida de areia. Para cactos o ideal é mistura uma parte de terra preparada para uma de areia.
  • Terra fibrosa: é aquela que acrescentamos fibras naturais como fibra de coco, xaxim, esfagno, palhas ou cascas.

Adubação:

é a aplicação de produtos que favorece a nutrição das plantas. Os nutrientes são classificados de macro e micro nutrientes e o NPK são os mais necessários e usados pelas plantas.

  • Equilibrada: Possui uma composição mais equilibrada dos nutrientes (NPK 10-10-10)
  • Rica em nitrogênio: Possui um maior percentual de nitrogênio como  NPK 20-10-10. ideal para as plantas de folhagens em geral.
  • Rica em fósforo: Possui maior percentual de fósforo como NPK 4-14-8 ou farinha de ossos, ideal para raízes, flores e frutos
  • Rica em Potássio:  Possui maior percentual de potássio, como o caso das cinzas de madeira. Indicado para flores, frutos e aumentar a resistência contra a doenças.

Reprodução:

  • sementes
  • divisão de touceiras
  • estacas de caule
  • estacas de ponta
  • estacas de folhas
  • fragmentação
  • mergulhia
  • alporquia

As plantas quando cultivadas adequadamente se desenvolvem melhor e se tornando mais bonitas, saudáveis e resistentes aos ataques de pragas e doenças. É importante respeitar essas necessidades e adequar as formas de cultivo para termos plantas. O ideal é cultivar plantas adaptadas ao seu clima e região. Fechamento tradicional e pergunta se gostou da forma de apresentação.

Imagem padrão
Lucia Borges
Artigos: 24