Arbusto e perene, ramificado e lenhoso, com porte de 50cm até 2,0m de atura. Folhas ovaladas, com bordas serrilhadas, pilosas levemente ásperas e verdes, perfumadas. As inflorescências em umbela, surgem nas pontas dos ramos, são densas, com pequenas flores multicoloridas, nas cores vermelhas, rosa e branca, amarela, laranja, arroxeada podendo ter mais de uma cor.  Florescem boa parte do ano mas principalmente na primavera e verão.

NOME BOTÂNICO: Lantana camara

ORIGEM: Nativa da América do sul, inclusive do Brasil

CULTIVO:

  • LUZ: Sol-pleno (mínimo de 4 hs)
  • REGA: moderada (porém após o plantio deve ser frequente)
  • TERRA/SUBSTRATO: rica em matéria orgânica
  • ADUBAÇÃO: não exigente
  • PODA: de limpeza e formação (adequando a forma da planta)
  • REPRODUÇÃO: Estacas de caule e sementes.

USO PAISAGÍSTICO:

Em maciços nos jardins, como bordaduras de canteiros e caminhos, em vasos, jardineiras, canteiros.

CURIOSIDADES:

  • Se adapta aos climas brasileiros e tolera geada
  • Muito visitada por borboletas
  • É da mesma família das verbenas
  • Algumas variedades possuem espinhos no caule
  • A seiva é toxica e pode causar dermatite
Imagem padrão
Lucia Borges
Artigos: 24