12 plantas que espantam mosquitos

12 plantas que espantam mosquitos

12 plantas que espantam mosquitos

É inegável que as estações quentes e chuvosas trazem consigo não apenas um clima mais aconchegante, mas também a presença indesejada de mosquitos, moscas e pernilongos. No entanto, antes de correr para os repelentes químicos, vale a pena considerar uma abordagem mais natural e esteticamente agradável: as plantas repelentes de insetos.

A natureza, em sua sabedoria infinita, oferece uma ampla variedade de plantas que não só embelezam nosso ambiente, mas também funcionam como eficazes repelentes naturais. Neste artigo, exploraremos 12 plantas que não apenas adicionam charme ao seu espaço verde, mas também afastam os insetos indesejados. Vamos conhecer cada uma delas e descobrir como incorporá-las ao seu jardim ou espaço interno.

1. Citronela (Cymbopogon nardus)

Começamos nossa jornada pelo mundo das plantas repelentes com a popular citronela. Com sua fragrância cítrica única, a citronela é conhecida por afastar mosquitos de forma eficaz. Seu óleo essencial é comumente utilizado em velas e sprays repelentes, mas cultivar a planta em seu jardim também é uma opção eficiente.

2. Cidreiras

a. Capim Cidreira (Cymbopogon citratus)

O capim cidreira, também conhecido como capim-limão, não só adiciona um toque cítrico às suas receitas culinárias, mas também atua como um repelente natural. Suas folhas podem ser usadas para fazer chás, proporcionando um ambiente livre de mosquitos.

b. Cidreira de Árvore (Lippia alva)

Com um aroma refrescante, a cidreira de árvore é uma excelente opção para afastar insetos. Além disso, suas propriedades medicinais são valorizadas em algumas culturas tradicionais.

c. Cidreira (Melissa officinalis)

A melissa, também conhecida como erva-cidreira, não é apenas calmante para os nervos, mas suas folhas liberam um aroma que afasta mosquitos. Cultivar esta planta em sua horta pode ser benéfico em vários aspectos.

3. Lavanda (Lavandula dentata)

Famosa por seu aroma suave e relaxante, a lavanda não é apenas agradável aos sentidos, mas também eficaz na manutenção de mosquitos à distância. Suas flores roxas delicadas adicionam uma pitada de cor e elegância ao seu jardim.

4. Hortelã (Mentha spicata)

Além de ser uma adição refrescante a coquetéis e chás, a hortelã é um repelente natural eficaz. Suas propriedades refrescantes e seu aroma intenso são irresistíveis para nós, mas um verdadeiro dissuasor para os mosquitos.

5. Manjericão (Ocimum basilicum)

O manjericão não é apenas um ingrediente saboroso na culinária, mas suas propriedades antibacterianas e antifúngicas também o tornam uma excelente escolha para repelir insetos. Cultivar manjericão em seu jardim pode contribuir para uma atmosfera mais agradável.

6. Alecrim (Rosmarinus officinalis)

Com suas folhas aromáticas e propriedades medicinais, o alecrim é uma planta versátil em muitos aspectos. Além de adicionar sabor aos pratos, o alecrim afasta mosquitos, tornando-o uma adição valiosa ao seu jardim de ervas.

7. Boldo Rasteiro (Plectranthus ornatus)

O boldo rasteiro, além de suas propriedades repelentes, possui um visual encantador. Suas folhas verdes e compactas fazem dele uma escolha atraente para jardins e vasos.

8. Tomilho (Thymus vulgaris)

O tomilho não só realça o sabor dos seus pratos, mas também mantém os mosquitos à distância. Suas pequenas folhas e flores adicionam uma beleza sutil ao seu espaço verde.

9. Calêndula (Calendula officinalis)

A calêndula, com suas vibrantes flores alaranjadas, não só alegra o ambiente, mas também repele insetos. Seus benefícios vão além do aspecto estético, tornando-a uma escolha multifuncional.

10. Tagetes (Tagetes patula)

Com suas flores vivas e aroma distinto, as tagetes são conhecidas por afastar mosquitos e outros insetos. Além disso, elas adicionam um toque vibrante ao seu jardim.

11. Crisântemo (Chrysanthemum x Morifolium)

Os crisântemos, além de serem flores deslumbrantes, contêm um composto natural chamado piretrina, usado em muitos repelentes de insetos comerciais. Cultivar crisântemos em seu jardim é uma forma eficaz de manter os mosquitos afastados.

12. Malva Cheirosa (Pelargonium graveolens)

Por último, mas não menos importante, a malva cheirosa é uma planta ornamental que também funciona como repelente. Suas folhas liberam um aroma agradável que, além de perfumar, afasta mosquitos.

Como cultivar e usar essas plantas repelentes

A beleza dessas plantas repelentes de insetos é que muitas delas podem ser cultivadas facilmente em canteiros, jardins ou mesmo em vasos proporcionais às mudas. Aqui estão algumas dicas práticas para integrar essas plantas em seu espaço:

  1. Escolha o local adequado: Certifique-se de plantar cada variedade em um local que atenda às suas necessidades de luz solar e solo.
  2. Combinações estratégicas: Planeje o layout do seu jardim de forma estratégica, combinando plantas repelentes para criar um ambiente mais resistente aos insetos.
  3. Vasos apropriados: Se o espaço for limitado, cultive algumas dessas plantas em vasos. Isso não apenas economiza espaço, mas também permite movê-las conforme necessário.
  4. Manutenção regular: Certifique-se de cuidar regularmente das suas plantas, removendo folhas secas ou danificadas e fornecendo a quantidade adequada de água e nutrientes.
  5. Colheita consciente: Se optar por colher as folhas para uso em chás, óleos ou arranjos, faça-o de maneira consciente, garantindo que a planta continue a prosperar.

Conclusão

Ao integrar essas 12 plantas repelentes de insetos em seu espaço verde, não só você estará criando um ambiente mais agradável, mas também reduzirá a presença incômoda de mosquitos e outros insetos. Além disso, a beleza e o aroma dessas plantas proporcionarão uma experiência sensorial única, transformando seu jardim em um refúgio encantador.

Escolher abordagens mais naturais, como o cultivo de plantas repelentes, não apenas contribui para um estilo de vida mais sustentável, mas também nos conecta de forma mais profunda com a natureza. Experimente incorporar essas plantas em seu espaço e desfrute dos benefícios de um ambiente mais harmonioso e livre de insetos indesejados.

Compartilhe
Lucia Borges
Lucia Borges
Artigos: 41

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *